Como se Vestir Para Visitar Vinícolas


Bonjour!


Muitas vezes surge uma dúvida ao viajarmos: como devo me vestir?


Hoje em dia a moda é bem universal e as barreiras são menores, mas mesmo assim muitas vezes temos essa dúvida com medo de ficarmos fora do padrão local. E hoje eu vou dar pequenas dicas para deixar você confortável e bonita(o) para as fotos com os produtores de vinhos!


Já sabe, né? Pegue a sua taça e vamos lá!


Evite salto alto:

Lembre-se de que muitas vinícolas possuem uma cave (adega) com pedrinhas e é muito provável que vocês vão passear nas vinhas da vinícola pisando em solo de terra que pode estar molhado ou úmido. Po risso nada de salto alto.

No inverno: o sapato ideal são botas sem salto alto e que cubram boa parte da canela por causa do frio.

No verão: sapatilhas, sandálias baixas, mocassins, tênis e sapa-tênis.

Evite: além do salto alto, – eu volto a repetir porque já vi muita gente tendo dificuldades e caindo – chinelo havaianas e tênis de academia. Aqui pega mal frequentar lugares com tênis de esportes sem estar na academia.


Use e abuse de meia calça:

No inverno e outono ela faz a diferença mantendo o corpo quente. Não hesite em usá-la caso você seja friorenta.


Evitar peças brancas:

Lembre-se que numa degustação de vinho(tinto) você pode acabar manchando a sua peça branca facilmente. Sempre há algum respingo entre uma taça e outra. Melhor evitar.


Evitar roupas decotadas e muito curtas:

Numa área de vinhedos e vinícolas a gente sempre se movimenta muito, às vezes abaixamos para entrar nas caves (adegas) ou para ver um pé de vinha que fica próximo ao solo e por isso as roupas muito decotadas e curtas são incomodas. E lembrem-se: no país dos outros as regras de civilidade com as mulheres variam muito. Melhor evitar confusão ou olhares.


Evite camisetas de times de futebol ou marcas de esportes:

Pelo mesmo motivo do tênis de academia.


Use gorros, luvas, mitaines (luva sem dedo), lenços:

Todos usam todos os dias do inverno. Se você for friorenta(o) como eu, use no outono também. Nas adegas é comum fazer frio e por isso muitas vezes eu só tiro as luvas e fico com o restante.

Dica quentinha 1: use um lenço de seda por baixo do cachecol ou pachimina. A seda vai te manter super quentinha e o cachecol ou pachimina vai impedir o vento de entrar.

Dica quentinha 2: se você encontrar, compre luvas com uma boa porcentagem de seda na composição pelo mesmo motivo. Eu tenho uma assim e é a melhor luva que eu tenho. Você encontra no site da loja em Paris Lady Bird Monmartre. A dona é brasileira e você pode enviar mensagem em português.


Use e abuse do seu bom gosto e conforto:

Lembre-se de que a sua viagem deve ser prazerosa, confortável e mágica! Use os acessórios que você não pode usar no Brasil por motivos de segurança, jóias, relógios, bolsas, lenços, tudo o que você quiser desfilar por aqui. Aproveite para fazer fotos incríveis no meio dos vinhedos e com as várias taças de vinhos que você irá tomar! Seguindo as dicas acima a sua viagem na Borgonha será em alto estilo e com conforto!


Santé!

Juliana

Guia de enoturismo na Borgonha e consultoria de vinhos da Borgonha www.vempraborgonha.com.br @vempraborgonha Redes sociais: Vem Pra Borgonha .








Contato:

Whatsapp: +33 7 70 01 63 42

email: juliana@vempraborgonha.com.br

Instagram: @vempraborgonha

Sede:

Beaune  - Borgonha - França

Todos os direitos reservados

Photos by Juliana Lins Cruz /Rozenn Krebel

Siga:

© 2018 Vem Pra Borgonha - Proudly made by SoulToSoul